Suntan (2016)


III Mostra de Cinema Grego - Depois de assistir Kinetta fiquei com certo receio do cinema grego mais recente. Como disse sobre Kinetta, é um filme tão autoral que acaba fugindo do entendimento do público, como se feito apenas para o diretor/roteirista. Mas gosto de correr riscos e isso foi muito bom. Suntan, dirigido e roteirizado por Argyris Papadimitropoulos (co-roteirizado por Syllas Tzoumerkas), me surpreendeu. Embora tenha um quê apelativo, a produção viaja entre as emoções de seu protagonista, chegando a algo parecido com um terror psicológico.

Kostis, um médico de meia-idade, chega a uma ilha grega que no inverno é tranquila e vazia, mas no verão é frequentada por inúmeros turistas e embalada por festas alucinantes. Anna é uma das turistas que Kostis precisa atender após um acidente de moto. O doutor se sente atraído pela mulher, que tem a metade de sua idade, e quando se dá conta, está passando suas noites entre baladas e bebedeiras. Apaixonado, Kostis não se dá conta do que está acontecendo e isso começa a afetar seu trabalho.

Uma das gostei que gostei foram os planos abertos, não me lembro o nome da ilha, mas certamente sua beleza foi bem aproveitada pelo diretor. Claro que temos os focos que captam as expressões dos personagens, que no caso do protagonista é essencial para o desenvolvimento de sua persona. E falando nisso, o trabalho de Makis Papadimitriou como Kostis é excelente. Embora possua uma filmografia extensa, mas muitas vezes de difícil acesso, ainda não conhecia seu trabalho. Os outros atores são medianos, mas cumprem seu papel, apenas Elli Trincou (Anna) participa mais do filme. Na maior parte do tempo o trabalho é feito por Makis e alguns figurantes.

Suntan é apelativo em algumas cenas e pode incomodar o mais conservadores, mas acredito na necessidade de cada cena, para que possamos entender o psicológico de seu protagonista. Não sei bem se esse filme de Papadimitropoulos pode ser rotulado como um filme de arte, tão pouco algo autora, é um filme deveras leve, aproveitando a beleza de uma ilha grega, deixando sua história ainda mais desconcertante, mas certeira.

Comentários

Postagens mais visitadas